Videos de supostos delinquentes no TikTok geram debate sobre consequências sociais e culturais

TikTok é lugar de vigilantes?

Videos de supostos delinquentes no TikTok geram debate sobre consequências sociais e culturais
Photo by Solen Feyissa / Unsplash

Os vídeos que expõem supostos criminosos no TikTok geraram um intenso debate sobre seus efeitos sociais e culturais.

Embora alguns usuários defendam que esses conteúdos alertam a população e geram conscientização, há preocupação sobre possíveis consequências negativas para a segurança e a convivência nas comunidades.

Observa-se uma nova tendência no TikTok, denominada "alertas cidadãs", na qual os usuários compartilham vídeos de supostos ladrões e criminosos menores. Essas contas, como a @london_content, alegam ter como objetivo alertar a população sobre possíveis delinquentes e conscientizar sobre o tema. No entanto, a proliferação desses conteúdos suscita preocupações sobre possíveis impactos negativos na sociedade.

Uma das principais críticas aos vídeos é que eles podem incentivar o medo e a paranoia nas comunidades. Ao mostrar imagens de pessoas supostamente envolvidas em crimes, esses conteúdos podem contribuir para a criação de estereótipos e preconceitos raciais. Além disso, ao colocar em foco pessoas que não foram declaradas culpadas, esses vídeos podem expô-las a situações de assédio, abuso ou até violência.

Embora alguns usuários possam argumentar que agem em busca de justiça e conscientização, os riscos associados à vigilância cidadã são consideráveis. Quando os cidadãos se tornam vigilantes e se dedicam a perseguir e filmar supostos criminosos, há o risco de cometer erros e acusar pessoas inocentes.

A justiça com as próprias mãos não só pode colocar em perigo os supostos criminosos, mas também aqueles que se envolvem em situações de assédio ou violência.

Novidad.es no Google News

Adicione o Novidad.es em seu feed do Google News.