Fone de realidade mista da Apple pode ser um dispositivo autônomo

Sucesso do dispositivo pode levar ao fim do iPhone na próxima década.

Fone de realidade mista da Apple pode ser um dispositivo autônomo
Photo by Vinicius "amnx" Amano / Unsplash

Analistas dizem que o fone de realidade mista da Apple será alimentado por dois processadores com o mesmo poder de computação do chip M1 e um processador secundário para lidar com toda a computação relacionada ao sensor.

Com os dois processadores instalados, o fone de ouvido não precisa ser conectado a um iPhone ou Mac.

O dispositivo será capaz de fornecer não apenas experiências aumentadas, mas também de realidade virtual graças a um par de telas 4K Micro OLED da Sony.

Isso só será possível, porque o chip M1 tem a potência necessária para suportar os monitores. Quanto ao processador separado para seu sensor, é aparentemente necessário porque "o poder de computação do sensor é significativamente maior do que o do iPhone."

O dispositivo deve chegar no final de 2022 e deve garantir a Apple um suporte uma "ampla gama de aplicativos" com o objetivo final de substituir o iPhone em uma década.