Nintendo não quer seus jogos em plataformas rivais

Nintendo não quer seus jogos em plataformas rivais

De acordo com Satoru Iwata, chefão da Nintendo, entregar seus jogos mais valiosos, para plataformas concorrentes como Android e iOS, estaria comprometendo o futuro da própria Nintendo a longo prazo.

“Se eu estivesse aqui para assumir a responsabilidade pela empresa apenas para os próximos um ou dois anos, eu não estaria preocupado com o futuro a longo prazo da Nintendo e faria sentido entregar nossas franquias importantes para outras plataformas e, então, seriamos capazes de ganhar algum lucro a curto prazo”, disse.

“No entanto, sou responsável pelo futuro a longo prazo da Nintendo, bem como, em nunca entregar nossos preciosos recursos para as outras plataformas”, explicou.

No entanto, se a situação da Nintendo não melhorar, a visão a longo prazo poderá comprometer o futuro da própria companhia. A concorrente Sega, por sua vez, preferiu deixar suas plataformas próprias há alguns anos para focar exclusivamente na criação de novos jogos.