Nave espacial Artemis 1 Orion da NASA retorna ao Centro Espacial Kennedy

Cientistas da Nasa vão agora estudar os efeitos da viagem na capsula para dar sequencia nos planos de retorno à Lua.

Nave espacial Artemis 1 Orion da NASA retorna ao Centro Espacial Kennedy

Após sua viagem de 1,4 milhão de milhas para a Lua e de volta, concluída no início do mês passado, a espaçonave Artemis 1 da NASA retornou ao Centro Espacial Kennedy em 30 de dezembro.

Anteriormente, ela havia caído no Oceano Pacífico em 11 de dezembro, sendo recuperada pelo USS Portland e levada para a Base Naval de San Diego em 13 de dezembro.

Em 14 de dezembro, a cápsula então embarcou em uma viagem terrestre para a Flórida.

Agora de volta ao Centro Espacial Kennedy, a NASA irá remover o escudo térmico da espaçonave para realizar uma análise aprofundada do componente e avaliar como ele se saiu durante a reentrada atmosférica.

Além disso, a agência também removerá o manequim de teste que foi enviado a bordo do Orion para coletar dados sobre os efeitos das viagens à Lua em seres humanos.

“Artemis I foi um grande passo à frente como parte dos esforços de exploração lunar da NASA e prepara o terreno para a próxima missão do foguete do Sistema de Lançamento Espacial e Orion para levar a tripulação ao redor da Lua no Artemis II”, disse a NASA.

Embora o Artemis II não seja lançado até 2024, no mínimo, ainda há muito o que esperar entre agora e o próximo ano. A NASA prometeu anunciar a tripulação de quatro pessoas da missão em algum momento do “início de 2023”.

A Artemis II preparará o terreno para o primeiro pouso lunar humano desde o fim do programa Apollo em 1972 e, eventualmente, uma presença permanente da NASA na Lua.