Microsoft falhou em trazer jogos do Xbox para a App Store do iOS

Detalhes das conversas entre Microsoft e Apple revelam a dificuldade para ofertar jogos aos usuários do iOS.

Microsoft falhou em trazer jogos do Xbox para a App Store do iOS
Photo by Rohit Choudhari / Unsplash

A Microsoft tentou disponibilizar os jogos do Xbox na App Store, mas um embrólio entre as empresas inviabilizou o desenvolvimento.

A Apple revisou suas diretrizes no ano passado para que empresas como a Microsoft e o Google possam disponibilizar seus jogos no iOS.

A ideia é que eles só poderiam fazer isso lançando cada jogo como um aplicativo que os usuários podem baixar.

Na época, a Microsoft disse que forçar os usuários a baixar centenas de aplicativos de jogos é "uma experiência ruim", mas teria feito isso se a Apple tivesse concordado com sua proposta.

De acordo com e-mails privados vistos pelo The Verge , a chefe de desenvolvimento de negócios do Xbox, Lori Wright, apresentou uma proposta para a Apple, que permitiria à Microsoft colocar aplicativos de jogos individuais na loja iOS sem ocupar todo o espaço de armazenamento do usuário.

Wright pediu à Apple que permitisse que a Microsoft colocasse sua tecnologia de streaming somente dentro do aplicativo Gaming Pass.

Isso daria à empresa uma maneira de fazer os próprios aplicativos de jogos com cerca de 30 MB em vez dos 150 MB que seriam se sua tecnologia de streaming fosse incorporada a cada um deles.

Em vez de usar o poder de processamento do dispositivo, os jogos seriam transmitidos de servidores remotos com processadores Xbox One e Xbox Series X.

Aparentemente, Wright também se ofereceu para disponibilizar exclusividades do Xbox para usuários de iOS em um esforço para convencer a Apple.

“Esta seria uma oportunidade incrivelmente empolgante para os usuários do iOS obterem acesso a esses títulos AAA exclusivos, além dos jogos Game Pass”, escreveu ela por e-mail.

A Microsoft disse ao The Verge que a Apple rejeitou sua solução e queria que a empresa incorporasse sua tecnologia de streaming em todos os aplicativos de jogo.

Quanto à Apple, disse à publicação que a proposta da Microsoft não aderiu às Diretrizes de revisão da App Store, "especificamente a exigência de usar a compra dentro do aplicativo para desbloquear recursos ou funcionalidades adicionais dentro de um aplicativo."

A Microsoft negou que as compras no aplicativo tenham contribuído para a rejeição da Apple.