Meta quer impedir que adultos 'suspeitos' enviem mensagens para adolescentes no Facebook e Instagram

A empresa diz que começará a alterar automaticamente as configurações de privacidade padrão em novas contas criadas por adolescentes menores de 16 anos.

Meta quer impedir que adultos 'suspeitos' enviem mensagens para adolescentes no Facebook e Instagram
Photo by Dima Solomin / Unsplash

A Meta está promovendo alterações nas configurações de privacidade padrão das contas de adolescentes no Facebook e limitando a capacidade de adultos “suspeitos” de enviar mensagens a adolescentes no Instagram e no Facebook.

Com as mudanças, a visibilidade de sua lista de amigos, postagens marcadas e páginas e contas que eles seguem serão automaticamente definidas como "privadas.”

Notavelmente, as novas configurações só serão ativadas automaticamente para novas contas criadas por adolescentes, embora a Meta diga que vai estimular as contas de adolescentes existentes a adotarem configurações semelhantes.

A atualização segue um movimento semelhante do Instagram, que começou a tornar as contas de adolescentes privadas por padrão.

Além disso, a Meta disse que está trabalhando com o Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas (NCMEC) em uma “plataforma global” para impedir o compartilhamento não consensual de imagens íntimas de adolescentes.