Elon Musk vai enviar terminais Starlink para a Ucrânia

Como os Ucranianos vão conseguir usar a Starlink é um mistério.

Elon Musk vai enviar terminais Starlink para a Ucrânia
Photo by Forest Katsch / Unsplash

Com a invasão da Rússia causando danos significativos à infraestrutura de internet da Ucrânia, o CEO da SpaceX, Elon Musk , disse no sábado que sua empresa traria seu serviço de internet via satélite Starlink para o país.

“O serviço Starlink agora está ativo na Ucrânia”, disse Musk no Twitter. “Mais terminais a caminho.”

A promessa de Musk veio depois que Mykhailo Fedorov, vice-primeiro-ministro do país, o mencionou em um tweet.

“Pedimos que você forneça à Ucrânia estações Starlink e se dirija a russos sãos para se levantarem”, disse Fedorov.

Enquanto muitos foram rápidos em elogiar o anúncio de Elon Musk, outros, como a diretora executiva do Rebellion PAC, Brianna Wu , observaram que é improvável que o Starlink ajude os ucranianos a permanecerem conectados.

A Starlink requer uma linha de visão “quase perfeita” com a rede constelação da SpaceX. Um ambiente urbano não é um lugar onde você deseja implantar o serviço, pois os edifícios (e, neste caso, a fumaça dos bombardeios da artilharia russa) podem facilmente obstruir um sinal.

Há também a questão de como você levaria os terminais Starlink para as pessoas na cidade e em outras partes do país. Kiev, por exemplo, está cercada por forças russas.