Edubuntu, versão educacional do Ubuntu, vai retornar

A versão educacional do Ubuntu retorna em 2023.

Edubuntu, versão educacional do Ubuntu, vai retornar

Edubuntu foi originalmente lançado em 2005 como um dos "sabores" que compunham a série Ubuntu, começando com a versão 5.10 "Breezy Badger".

Essa variante educacional continuou lançando novas versões até o Edubuntu 14.04 LTS, que por falta de colaboradores para o projeto acabou sendo a última edição publicada oficialmente.

Durante sua existência, o Edubuntu estava disponível em várias formas, como LiveCD, LiveDVD e como um conjunto de pacotes que os usuários podiam instalar em uma versão normal do Ubuntu.

O projeto visava fornecer software e ferramentas para uso em diferentes níveis educacionais, aproveitando os benefícios atribuídos à distribuição original do Ubuntu.

Erich Eickmeyer, do Ubuntu Studio, juntamente com sua esposa Amy, uma educadora experiente, são os que tomam a iniciativa de reviver este projeto.

Eles têm muitas ideias e objetivos em mente, que já parecem bem posicionados para ajudar a relançar esse "sabor" (nome pelo qual as variantes do Ubuntu são conhecidas) para uma nova geração.

Por enquanto, o Edubuntu 23.04 está planejado para usar o desktop GNOME, carregado com os mesmos aplicativos que vêm com o Ubuntu regular, bem como uma seleção ordenada de pastas de aplicativos por assunto educacional (matemática, ciências, linguagem, etc.).

Em linha com a nova linha gráfica do Ubuntu, o Edubuntu terá um novo logotipo e usará o tema Yaru em sua variante vermelha.

Em seu eventual relançamento, o Edubuntu contará com um instalador baseado no Ubuntu Studio, pacotes de software selecionados de acordo com o nível educacional (pré-escolar, primário, secundário), além de um meta-desinstalador que permitirá aos usuários remover rapidamente grupos de aplicativos irrelevantes para cada perfil.

Essas inovações foram anunciadas em um post de Eickmeyer no Ubuntu Discourse, o fórum oficial da distribuição. Outros objetivos provavelmente surgirão à medida que a base para este projeto for lançada e o feedback direto e a colaboração de entusiastas e educadores forem recebidos.

O objetivo desta iniciativa é participar no lançamento do Ubuntu 23.04, previsto para abril, e voltar a candidatar-se para se tornar um “sabor” oficial do Ubuntu, caso o projeto seja bem sucedido.