Cientistas japoneses testam com sucesso canhão espacial

Cientistas japoneses testam com sucesso canhão espacial

Cientistas japoneses testaram com sucesso um canhão espacial que será usado para explodir um buraco em um asteroide, como parte de uma futura missão.

A Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA) vai usar a arma para coletar dados extensos sobre a composição do asteróide 1999JU3 que não poderia ser obtido simplesmente com a digitalização da superfície intacta.

O canhão espacial deve ser montado no veículo Hayabusa 2, que irá levá-lo para o asteroide, que orbita entre a Terra e Marte. Isto é, essencialmente, uma arma de impacto cinética que se baseia em uma carga explosiva para lançá-lo na superfície.

A sonda, então, irá libertar a arma, e flutuar para o lado oposto do 1999JU3, como forma de proteção.

A detonação será acionada remotamente. Depois que o estrago estiver feito, a sonda vai pousar e recolher os restos do impacto e trazer de volta para a Terra.

A explosão no asteroide está prevista para meados de 2018 e o retorno da sonda à Terra por volta de 2020.