Cientistas descobrem maneira de regenerar dentes cariados

Cientistas descobrem maneira de regenerar dentes cariados

Preenchimentos poderiam tornar-se uma coisa do passado graças a uma droga que pode regenerar e reparar cavidades.

Enquanto nossos dentes são capazes de regenerar nova dentina se a polpa fica exposta devido a danos físicos ou infecção, a quantidade produzida é tipicamente muito pequena, tornando-se insuficiente para preencher as grandes cavidades causadas pela cárie dentária e outros problemas dentários comuns.

Agora, porém, pesquisadores do King’s College de Londres descobriram que uma droga de Alzheimer conhecida como Tideglusib é capaz de estimular as células-tronco dentro da polpa para produzir mais dentina desligando a enzima GSK-3 que a impede de se formar.

Os cientistas conseguiram demonstrar esta técnica embebendo uma esponja biodegradável na droga e inserindo-a na cavidade dentária de um paciente voluntário.

Após cerca de seis semanas a esponja tinha se desintegrado e a cavidade estava completamente preenchida.

“A simplicidade da nossa abordagem torna ideal um produto dental clínico para o tratamento natural de grandes cavidades, fornecendo tanto a proteção da pasta quanto a restauração da dentina”, disse o professor Paul Sharpe.

“Além disso, usando uma droga que já foi testado em ensaios clínicos para a doença de Alzheimer fornece uma oportunidade real para obter este tratamento odontológico rapidamente em clínicas”.